Roteiro de Brechós em Milão

Destaque

Em tempos de crise generalizada – aqui, ali e acolá – nada melhor do que repensar os hábitos de consumo. Mas quando a gente gosta “das modas”, mesmo querendo gastar menos, mais consciente e melhor, não queremos deixar a montação de lado, certo? Afinal buscamos sempre de alimentar aquele Ru Paul que existe dentro de cada um. <3

Por isso esse é o momento perfeito para perder aquele preconceito com as lojas de segunda mão. Ué, why not? Porque elas tem peças incríveis (do passado, do presente e – porque não – do futuro) e geralmente custam muito menos. Fazem a roda viva desse mundão girar. Trocam energias e vibes sem ter que descartar nada. E ainda podem agregar uma atmosfera totalmente cool, quando alguém pergunta “onde você comprou isso?” e você responde “hum, em uma portinha, um brechó que achei no bairro chinês de Zagreb, capital da Croácia”.

Tá, ok, exagerei. Mas voltando, desde quando somos pequenos, temos aquela tendência em achar que o guarda-roupa do amigo (mesmo que nessa época seja a caixa de brinquedos), em geral, é sempre mais apetitoso que o nosso. Pois então agora podemos usufruir disso. Além de contar histórias por meio do que vestimos. Resumindo: sou totalmente adepta e defensora desse rolê.

Milão também tem vários mercados de pulga, mas nesse roteiro preferi me concentrar nos negócios que possuem foco em roupas e acessórios. Acabei descobrindo que existem opções legais espalhadas por toda a cidade, por isso criei esse mapa abaixo. Assim acho que fica bem claro e visível e – independente da região que você estiver em Milão – vai ter alguma opção de brechó para visitar. Bora desbravar!

Bivio Milano

Fachada do Bivio
Fonte: divulgação

[Aproveite para conhecer as colunas de San Lorenzo] Muito “hipster”, possui a seguinte filosofia: “Fique apenas com o que você ama, traga somente o que você acha que vai ser amado por outra pessoa”. Com roupas para homens e mulheres, as peças são particulares: além dos clássicos grandes nomes como Prada, Jimmy Choo, Bottega Veneta, no espaço amplo é possível encontrar outros não tão mainstream, como Alexander Wang e Steve Madden.
Horário de funcionamento: terça-feira a domingo das 11h às 19h30.

Cavalli e Nastri

Interior do Cavalli e Nastri, unidade Brerar
Fonte: divulgação (unidade Brera)

[Pioneira, é a única boutique com 3 unidades] Um endereço histórico do vintage milanês. Além de roupas e acessórios, é possível encontrar também interessantes rendas e objetos decorativos, tudo fruto de uma apurada seleção. Com refinada atmosfera e verdadeiros objetos de colecionador, até os melhores stylists das revistas de moda italianas frequentam o lugar em busca de uma peça exclusiva de marcas como: Chanel, Hermès e Borsalino…
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h30 às 19h30 / terça-feira a sábado das 10h30 às 19h30 / domingo das 12h às 19h30.

Delphine Vintage

Interior do Delphine Vintage
Fonte: enriescielzo.com

[Vende alguns itens também online, no perfil do EtsyPropõe roupas de alta qualidade: vestidos e saias dos anos 50, tubinhos dos anos 60, bolsas de época, foulards de seda, casacos e trench-coat com caimento de alfaiataria. A vasta gama vai de vestidos sofisticados às bijoux datadas dos primeiros anos do século 20 até o fim dos anos 80.
Horário de funcionamento: quinta-feira a sábado das 10h30 às 13h30 e das 15h às 19h30 / segunda-feira a quarta-feira mediante agendamento.

Foto Veneta Ottica 

Interior da Ótica Venetta
Fonte: thechicfish.com

[Paraíso dos óculos vintage] O dono é um colecionador de lentes antigas que conseguiu trazer sua paixão para a histórica ótica do seu pai, aberta desde 1930. Inúmeras opções entre os óculos de sol e os de grau: modelos diversos em metal dourado, metal prateado e acetato, de todas as formas – vão dos clássicos aos super diferentes. Os preços variam entre 30 a 120 euros.
Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado das 9h às 12h30 e das 15h às 19h20.

Give and Take

Interior do Give and Take
Fonte: conoscounposto.com

[Para quem não curte roupas muito antigas, é ideal para peças contemporâneas] Lugar para verdadeiros achados. A fórmula é simples: grandes marcas com baixo preço. Para aqueles com armário abarrotado, é possível também vender suas roupas, em consignação. Um endereço de luxo: cada peça (bem como a marca) é cuidadosamente selecionada, em excelente estado. Ótimas opções para roupas de festa.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h às 19h / terça-feira a sexta-feira das 10h às 14h e das 15h às 19h / sábado das 10h30 às 14h e das 15h às 19h.

Guendj

Fachada do Guendj
Fonte: spottedbylocals.com, por Matteo Banchi

[Menção honrosa para as ótimas peças masculinas] O cheiro de couro é preponderante. Uma mistura infindável de jaquetas, com opções nos mais variados modelos. Além dos itens mais antigos, é possível encontrar ótimas roupas de segunda-mão “made in italy”.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h às 19h30 / terça-feira a sexta-feira das 10h30 às 13h e das 15h30 às 20h / sábado das 10h30 às 20h / domingo (somente o último de cada mês) das 10h às 20h / abertura também mediante agendamento.

Humana Vintage

Interior da Humana Vintage
Fonte: divulgação

[Para quem quer comprar sem peso na consciência, o dinheiro arrecado é destinado ao financiamento de projetos humanitários] Depois de fazer sucesso em cidades como Berlim, Viena e Barcelona, há alguns anos abriu uma unidade perto do Duomo. Faz parte de uma rede de charity shop (organização sem fins lucrativos que envia roupas usadas para países pobres) muito conhecida no norte da Europa: recebe itens de presente, deixa em bom estado e os vende a preços baixos (se tiver defeitos o reparo é gratuito). As peças modernas são doadas, os retrô são vendidas. Perfeito para quem procura algo – feminino ou masculino – único e econômico com focos nos Anos 60, 70, 80 e 90.
Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado das 10h30 às 19h30 / domingo das 14h às 19h.

Il Girotondo

Casacos no interior do Il Girotondo
Fonte: conoscounposto.com

[Dê uns passos extras e caminhe até a Via Tortona, rua que é cheia de lojas modernas de design] Além de poder comprar peças incríveis, é possível também trazer roupas para vender (que tal daquela compra por impulso onde nada foi usado?) e com o dinheiro recebido fazer a roda girar. A maioria dos itens se encontram em perfeito estado: as roupas, os casacos e, principalmente os sapatos, são impecáveis, muitas vezes posicionados ainda na caixa.
Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado das 10h às 13h e 15h às 19h, com exceção das terças-feiras das 10h às 19h (horário continuado).

Les Petits Plaisirs 

Bolsas no interior do Les Petits Plaisirs
Fonte: uukmagazine.com

[Ao lado do Castello Sforzesco, vale ao menos uma passagem] Especializado em bolsas – podemos outros acessórios, mas não é o foco. Em uma pequena sala é possível encontrar edições limitadas de grandes marcas e modelos incríveis: Chanel, Hermès, Celine, Givenchy, entre outras.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 16h às 19h / terça-feira a sexta-feira das 10h30 às 19h / sábado das 10h30 às 15h.

Lipstick Vintage

Fachada do Lipstick Vintage
Fonte: thegreenwatcher.com

[Localizado entre uma parte antiga e outra nova da cidade, ideal para bater perna] Apresenta uma série de roupas de alta qualidade, que parecem feitas sob medida. Muitos casacos, vestidos, cintos, peles e bijoux raras de estilistas celebrados, que vão dos primeiros anos do século passado até a década de 90: Chanel, Manolo Blahnik, Moschino, Pucci, Ralph Lauren… é possível também admirar uma seleção histórica com algumas peças que vão do século 13 ao 19.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h30 às 19h30 / terça-feira a sábado 10h às 13h e das 15h30 às 19h30.

Live in Vintage

Interior do Live in Vintage
Fonte: milanomia.com

[Aproveite para admirar o Bosco Verticale, uma premiada construção com jardim vertical nas redondezas] Especializado em roupas e acessórios dos Anos 70 e 80, possui uma ampla seleção de peças e os preços são muito acessíveis.
Horário de funcionamento: terça-feira a sexta-feira das 10h30 às 13h30 e das 16h às 19h30 / sábado das 10h30 às 13h30 e das 15h às 19h.

Madame Pauline

Interior do Madame Pauline
Fonte: s-notes.net

[Uma ilha de atmosfera francesa no coração da cidade] Possui uma seleção de vestidos, bijoux, bolsas e acessórios de vários gêneros, que vão do início do Século 20 até os dias de hoje. Destaque para a variedade de bolsas e vestidos de festa.
Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 10h às 14h e das 15h às 19h.

Mania Vintage

Bolsas no interior do Mania Vintage
Fonte: flawlessmilano.com

[Loucas por acessórios, ZONA DE PERIGO!] Presente em outras cidades, não trabalha com roupas, nem sapatos, mas é o paraíso das bolsas – especializado em marcas como Louis Vuitton, Chanel e Hermès. Possui uma extensa seleção dedicada às jóias de época, principalmente do período vitoriano (1837-1901).
Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 10h30 às 13h e 16h às 19h30.

Memory Lane

Interior do Memory Lane
Fonte: thechicfish.com

[Nas redondezas tem a Gellateria della Musica, com gelatos sensacionais!] O ambiente é refinado, trazendo uma ampla exposição de vestidos e acessórios datados a partir do fim de 1800, passando por todo o Século 20. Para uma ocasião especial e/ou garimpar um presente, é possível encontrar roupas com estampas atemporais. Os amantes do design podem encontrar também várias opções de mobiliário fino e acessórios decorativos do período entre os Anos 20 e 30, em perfeito estilo Art Déco.
Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 13h às 19h.

Mulino Docks Dora

Interior do Mulino Docks Dora
Fonte: divulgação

[Um verdadeiro complexo afastado do centro da cidade, onde também é possível tomar um café e ouvir boa música] Do casaco de pele da vó ao bom jeans, a loja se concentra em peças dos Anos 60 e 70, com preços muito competitivos. Além disso fica situada em uma locação que era um verdadeiro moinho no passado.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 14h30 às 19h30 / terça-feira a sábado das 10h30 às 19h30 / domingo das 14h30 às 19h30.

My Room

Interior do My Room
Fonte: clubmilano.net

[Aproveite para conhecer nas redondezas o Museo della Scienza e/ou dar uma voltinha na Via Torino, região de comércio] O ambiente lembra uma pequena e charmosa sala de uma casa. De propriedade de duas stylists com passagem pela MTV e por alguns famosos, possui peças únicas: a maior parte vintage, mas existem também algumas de novas marcas, sendo um segunda mão que mistura novo e velho com harmonia. A grande particularidade é que muitos itens são customizados pelos proprietários, espertos em encontrar peças únicas pelo mundo e reinventa-las com um novo estilo. Os preços variam, para dar uma ideia, entre saias por 70 euros a bolsas por 130 euros.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h30 às 19h30 / terça-feira a sábado das 11h às 19h30.

Particelle Complementari

Interior do Particelle Complementari
Fonte: italiastraordinaria.it

[Nasceu conjugado com um famoso bar, o Frida. Ou seja: dá para tomar uns bons drinks!] Inovador, é quase uma oficina de experimentação com ideias e objetos originais. Pode ser considerada um laboratorio onde peças retrô e objetos modernos se misturam com opções de designers emergentes, em um ciclo de reaproveitamento.
Horário de funcionamento: terça-feira a quinta-feira das 10h às 15h e das 16h às 19h30 / sexta-feira das 10h às 15h e das 16h às 22h / sábado das 16h às 22h / domingo das 12h30 às 16h30

Pourquoi Moi Vintage

Interior do Pourquoi Moi Vintage
Fonte: discavo.de

[Aproveite e faça um aperitivo no boêmio bairro Navigli] Com proprietária inglesa, a boutique propõe uma seleção de peças grifadas muito especiais. Dentro do negócio é possível sentir a típica atmosfera da Carnaby Street, com os tecidos geométricos hipnotizantes, principalmente dos anos 60 e 70. Um lugar ideal para comprar uma original bolsa porta-vinil (ou os próprios discos, de diversos artistas italianos e internacionais) e um par de plataformas Mary Jane.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h30 às 19h30 / terça-feira a sábado das 12h às 19h30 / domingo das 15h às 19h.

Serendeepity

Interior do Serendeepity
Fonte: grazia.it

[Vende também online, para ser retirado na loja] Parece mais um laboratório onde música, livros, vinis, hi-tech, roupas, objetos decorativos e móveis interagem em um ambiente que vai dos Anos 50 aos 90, onde é difícil escolher uma única peça preferida. É possível encontrar peças novas e exclusivas de jovens designers. O espaço também promove eventos culturais com troca de informações sobre música e estilo.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h às 20h / terça-feira a domingo das 10h às 20h.

Sine Modus

Interior do Sine Modus
Fonte: lustinfashion.com

[Dê também uma voltinha no Corso Buenos Aires, que está entre as ruas mais longas de comércio da Europa] Entre o antigo e o moderno. Aqui é possível encontrar marcas como Prada, Max Mara e camisas de renda, coletes Anos 70 e acessórios mil. Na linha do conceito de reutilização, a loja criou o “projeto turbante”: camisas, vestidos e saias são readaptados com o objetivo de criar um acessório de cabeça único e particular, feito à mão, inspirado nas grandes divas dos Anos 20 e nos trajes típicos africanos.
Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 11h às 19h30.

Sous Vintage Shop

Interior do Sous Vintage Shop
Fonte: theladybugchronicles.wordpress.com

[Sentiu saudades dos mercados de pulga londrinos? Vem para cá!] Com atmosfera britânica, é possível encontrar ali os famosos coturnos Dr. Martens, além de vinis infinitos. Possui dois andares – em um ambiente zero óbvio – divididos entre roupas masculinas, femininas e infantis, onde é possível encontrar pequenos móveis, instrumentos musicais, livros, acessórios e várias outras curiosidades: de camiseta de banda de rock à moldura antiga.
Horário de funcionamento: terça-feira a quinta-feira das 11h às 20h / sexta e sábado das 11h às 22h / domingo das 15h às 20h.

Surplus

Fachado do Surplus
Fonte: milanomia.com

[Aproveite para dar uma voltinha em Brera e conhecer a Pinacoteca] Outro negócio histórico do segmento vintage, vestiu diversas gerações de jovens milaneses. Além de jeans e incríveis blusas estampadas, é possível encontrar verdadeiras pérolas: entre tubinhos, coletes, e bolsas.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h às 19h30 / terça-feira a sábado das 10h às 19h30 / domingo das 15h às 19h30.

Tim Camino

Fachada do Tim Camino
Fonte: divulgação

[Oferece um serviço de stylist, uh!] O pequeno espaço é todo decorado em estilo boudoir, com poltronas de veludo claro, armários com portas de vidro e tapetes com estampas florais. Nas gavetas: foulard de seda em cores pastéis, luvas impermeáveis, cintos com fivelas importantes estilo “Diva dos Anos 40”, vários jeans Anos 80 e uma extensa oferta de bolsas, feitas com materiais nobres. Entre “Valentino’s” e “Yves Saint Laurent’s”, as peças – que variam entre os Anos 40 e o início dos Anos 90 – parecem ter saído dos últimos desfiles. Os preços são entre 40 e 200 euros.

Vintage Delirium by Franco Jaccassi

Interior do Vintage Delirium
Fonte: milanolife.it

[Quase um museu, pura emoção] O dono é um grande colecionador, o que faz as prateleiras estarem lotadas de peças incríveis:  a loja é enorme e se encontra em um pátio interno do bairro de Brera, com ares bem antigos. Dos Anos 20 e 30 ao glamour dos Anos 80 (com achados de Versace e Thierry Mugler). Daqueles lugares para se conhecer, mesmo que somente como inspiração. Uma gama de marcas infinitas: Missoni, Gianfranco Ferrè, Hermès, Paco Rabanne, Pierre Cardin, Yves Saint Laurent, Balenciaga, Christian Dior, Chanel, Givenchy…
Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado das 10h às 13h e das 14h às 19h. Fecha em agosto.

Wait and See

Interior do Wait and See
Fonte: peutereycitymag.peuterey.com

[O mais fun e peculiar entre todos, inclusive nas redes sociais] Um espaço pequeno, mas extraordinário, com peças de curadoria muito contemporânea. Daquelas lojas que uma vez dentro, você não consegue mais sair e nem deixar de sorrir com as roupas e acessórios. Impossível não surtar com cada detalhe.
Horário de funcionamento: segunda-feira das 15h30 às 19h30 / terça a sábado das 10h30 às 19h30.

20134 Lambrate

Interior do 20134 Lambrate
Fonte: madeinlambrate.com

[Aproveite para tomar uma cerveja nas redondezas, no Birrificio Lambrate] Com peças dos Anos 20 ao 70, os preços variam entre 10 e 400 euros. É possível encontrar também móveis e complementos de decoração, além de vestidos, camisas, saias, calças, blusas, jaquetas, bolsas, sapatos.
Horário de funcionamento: terça-feira a sexta-fera das 13h às 19h / sábado das 11h às 19h.

bibi

Posts Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *